Abertura das Oficinas em PILÕES/RN

Nos dias 26 e 27 de Outubro, a ONG – FITOVIDA, em parceria com a Prefeitura Municipal de Pilões, realizou a Primeira Oficina do Projeto FUNDO CLIMA no município. Ao iniciar a oficina, o prefeito da Cidade realizou a abertura do projeto, enfatizando sua importância para a comunidade e solicitando aos participantes o máximo de empenho no decorrer das oficinas.

O coordenador do projeto, Leonel Generoso, falou em seguida esclarecendo aos participantes os objetivos e atividades do projetos e enfatizando a importância de se desenvolver atividades que não dependam tanto da disponibilidade de água, permitindo a convivência com a prolongada estiagem que assola a região.

Dando prosseguimento, foi entregue o material para os participantes e realizada dinâmica de integração da equipe com a comunidade. Em seguida, foi proferida a aula inaugural, com o tema Educação Ambiental, ministrada pelo Eng. Agrônomo e Coordenador do Projeto, Leonel Graça Generoso Pereira.

No segundo dia, iniciou-se com a aula de Ecologia, ministrada pelo Multiplicador Leandro Ícaro Santos Dantas. No final da manhã, chegou a segunda parte da equipe, composta pelo Fiscal do Ministério do Meio Ambiente Dr. João Arthur Seyffarth, a Presidente Dra. Zelita Maria Santos Rocha, pelo Vice-presidente Dr. Manoel de Menezes Brazil Neto, pela colaboradora do projeto, Maria Silvana Gomes, Coordenadora de Educação Ambiental do Estado/IDEMA e pelo empresário Luiz Gustavo Martins Matheus, proprietário da empresa Mapric, parceira da ONG em São Paulo.

O prefeito da cidade novamente fez as honras à equipe, passando a palavra para João Arthur e Zelita Rocha, que enfatizaram as lutas para se conseguir implementar tais projetos para a região Nordeste. À tarde, as aulas foram ministradas por Maria Silvana, que desenvolveu sondagem de matéria-prima para processamento de artigos da Caatinga para Comercialização e, em seguida, Dr. Luiz Gustavo abordou em aula as técnicas para produção de Óleo, Extratos e Manteigas a partir de plantas da Caatinga. Encerrando os dois dias, a Dra. Zelita agradeceu a comunidade pelo comprometimento em participarem da Oficina e pediu a colaboração para que permaneçam firmes até o final do projeto.

Publicado em: 26/10/2012